IH News

Newsletter Trimestre 3

Instituto Hortense - Outubro/2018

CLUBE DA LEITURA

A professora Kelen Cristina, da Escola Municipal Emílio Ribas, criou, juntamente aos alunos, o Clube da Leitura. Este projeto surgiu quando ela estava trabalhando com o material "Relações Saudáveis, com os alunos do 3º ano, sobre a importância de desenvolver o prazer do hábito da leitura. Sendo assim, além de uma vez por semana irem para a biblioteca e do momento de leitura que ocorre em sala de aula quando terminam as tarefas, a professora percebeu que os alunos precisavam de algo diferente para o estímulo da leitura. Dessa forma, surgiu a ideia do Clubinho. O local (a sede) é debaixo das árvores, na própria vila. A aluna do 5º ano, Heloany, relata: "Esse Clubinho vai me ajudar a ler mais do que eu já lia, vai ser incrível, uma experiência inesquecível".

CAIXINHA DE ELOGIOS

O Professor de Ensino Religioso, Jennerson Antônio, da Escola Municipal Profa. Maria Regina Arantes Lemes, realizou com os alunos do 7º ano, a dinâmica “Caixinha dos Elogios”. O intuito foi envolver a família dos estudantes no processo do desenvolvimento da autoestima e autoconhecimento, tema trabalhado no material Códigos da Mente. Os alunos levaram para a casa uma caixinha na qual os familiares e eles escreviam cartas ou bilhetes com elogios, pontos a serem ressaltados positivamente e sobre o que sentiam pela pessoa destinatária da carta.

A caixa foi aberta após uma semana e, alunos e familiares, leram as cartas e bilhetes direcionados a cada um. O principal desafio hoje é conseguir articular família e escola. O professor Jennerson, com sua dedicação e carinho, cumpriu essa tarefa com excelência. Os alunos que participaram puderam se conhecer mais e ter uma real noção de como são vistos um pelo outro.

PALESTRA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL PARA OS OFICIAIS DO 36º BIMEC
(Batalhão de Infantaria Mecanizado)

O Instituto Hortense, com a mediação da Coordenadora Pedagógica Débora Ottoni, realizou uma palestra sobre Inteligência Emocional e Gestão de Emoções, a convite do Sargento Doltel, no 36º Batalhão de Infantaria Mecanizado. Estiveram presentes 72 oficiais. Dentre eles, o Subcomandante Tenente Coronel Vitor Hugo, Sargentos, Major, Tenentes, Subtenentes e Capitães.

Foi um momento de apresentar a necessidade de desenvolver a Inteligência Emocional e como o Instituto Hortense cumpre este papel na área da educação. Utilizando a essência do material “Armadilhas da Mente”, o tema foi ministrado pela coordenadora, de forma a apresentar a aplicabilidade do conteúdo do projeto aos alunos e para as nossas próprias vidas. Elencou as várias armadilhas que nos prendem diariamente, impedindo de encontrar o verdadeiro sentido da vida.

Após a palestra, o Subcomandante Tenente Coronel Vitor Hugo, relatou que este tema é de extrema importância, uma vez que muitos militares são afastados por questões psicológicas e emocionais.

APOSTANDO NO LÚDICO NA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS: UM DESAFIO ASSUMIDO PELA CASA DO MENOR NOVA CANAÃ

No artigo 31 da Convenção dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU, 1995), diz: "Toda criança tem direito ao descanso e ao lazer, a participar de atividades de jogos e recreação apropriadas à sua faixa etária, usufruindo livremente da vida e das artes".

É nesse contexto que as crianças da Nova Canaã, contemplam a diversidade do lúdico. A diretora Ana Fernandes, da Casa do Menor Nova Canaã acredita que o educador deve trabalhar os jogos, as brincadeiras, os brinquedos e, para isso acontecer, é necessária a vivência, o sentido, a percepção. Diz ainda, que é preciso o professor perceber e sentir e de que forma irá auxiliar no processo de aprendizagem e desenvolvimento da criança.

ESTÃO ESCOLAR: NÃO BASTA SONHAR,
TEM QUE ACREDITAR

Pensar ações democráticas no interior das escolas, nos dias atuais, é um desafio para os gestores. Cada vez mais, as pessoas estão se tornando individualizadas e não querem cooperar em grupos. A Diretora da Escola Municipal do Moreno, Kátia Cristina Sousa Ferreira, conseguiu agregar seu sonho de renovar a cara da Escola em 2018 com o apoio da comunidade:

"A conquista é o acolhimento aos pais. Esse é o melhor começo. Hoje os pais colaboram na melhoria física da escola, participando da pintura e dos arranjos dos canteiros espalhados pelo espaço. Esta ação transformou a escola. Ação de beleza rara!"

PROJETO "PEQUI LITERÁRIO"

A partir das lições do Programa da Escola da Inteligência, oferecido pelo Instituto Hortense, projetos espontâneos começam a surgir nas escolas parceiras. Aproveitando a natureza presente na Escola Municipal Freitas Azevedo, professores e alunos se inspiraram no pé de pequi, para ali mesmo desenvolverem leituras e rodas de conversas sobre as lições do material.

Os professores entendem que eles são os principais mediadores da riqueza literária para os alunos. Assim, em meio a essa realidade, reconhecem a importância e necessidade do aparecimento de novas práticas literárias na educação básica. A Coordenadora Pedagógica do IH, Eliana de Castro, sente-se orgulhosa de poder presenciar a vivência de trabalhos como esse e acredita que a leitura é o caminho para ampliação da percepção de mundo. Quanto mais um indivíduo lê, mais integrado com o seu meio estará.

INSTITUTO HORTENSE REALIZA VISITA
TÉCNICA NO INSTITUTO VERDESCOLA

O Instituto Hortense, representado pela Diretora Pedagógica Elaine Cristina Resende e pela coordenadora Larice Santos, realizou nos dias 30 e 31 de agosto mais uma visita técnica no Instituto Verdescola, localizado em São Sebastião/SP.

O objetivo desta visita foi realizar o 3º Encontro com a Família, o acompanhamento pedagógico das atividades do programa e apresentar os resultados do questionário sobre o perfil socioemocional dos alunos, professores aplicadores e diretora. Nesse dia memorável, percebemos o engajamento dos educadores e da equipe gestora da instituição na execução do trabalho, uma vez que só assim é possível uma educação verdadeiramente transformadora.

WORKSHOP RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

O IH realizou, no dia 20 de setembro, no Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz (CEMEPE), um Workshop sobre “Resolução de Problemas” para 49 profissionais das escolas e ONGs atendidas. A Diretora Pedagógica, Elaine Cristina Resende, marcou presença no evento. O objetivo deste encontro era falar sobre a “Comunicação Multifocal” que convida à adoção de uma postura de exploração das incertezas, dúvidas e curiosidades, a partir de uma escuta respeitosa.

Além disso, também foi falado sobre a importância de saber ouvir, de falar o que pensa, de se colocar no lugar do outro, de expor e não impor uma opinião, de ter paciência para solucionar o conflito e analisar uma situação por diversos ângulos. O ruído na comunicação é algo que interfere muito na forma como esses profissionais se posicionam em suas relações de trabalho e também na vida pessoal. Os participantes do evento tiveram a chance de disseminar o que foi aprendido nesse dia, tanto em suas casas como em seu ambiente de trabalho.

INSTITUTO HORTENSE PARTICIPA DE MOSTRA DE BRINQUEDOS PEDAGÓGICOS FEITOS A PARTIR DE MATERIAIS RECICLÁVEIS

No dia 29 de outubro, o Instituto Hortense participou da Exposição de Brinquedos Pedagógicos na Prefeitura Municipal de Uberlândia. A ação, realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico, tem como objetivo refletir sobre a importância do brincar no processo de desenvolvimento da criança, sobretudo em relação à Educação Infantil e séries iniciais do ensino fundamental.

Acreditamos que a utilização de recursos e procedimentos metodológicos que envolvam brincadeiras tende a contribuir com o processo de ensino e aprendizagem das crianças, na formação de atitudes sociais, como cooperação, socialização, respeito mútuo, interação, lideranças e na própria personalidade”, disse a pedagoga Eliana Castro. 



NOSSOS PARCEIROS INSTITUCIONAIS

ESTES PARCEIROS GARANTEM A REALIZAÇÃO DE TODOS
OS PROJETOS, NO DIA A DIA DO INSTITUTO HORTENSE.

Nossos parceiros

Veja quem participa ativamente, apoiando
os diversos projetos do Instituto Hortense.